Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

newsletter.jpg

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Comunicado da Direcção Regional do Alentejo do PCP

 

Numa situação económica e social devastadora para o Alentejo e para o país, a que se soma uma progressiva degradação no plano político, coloca como imperativo nacional a ruptura com a política de direita e pôr fim ao ciclo vicioso da alternância de quase quatro décadas entre PS e PSD, com ou sem CDS, evidenciando cada vez mais a urgência da construção de uma política patriótica e de esquerda. Não foram os discursos de Natal nem de Ano Novo que iludiram a dura realidade dos trabalhadores e do povo. Como também não são cantilenas nem cantos de sereia de um PS que, mudando de cara, e com muita retórica e proclamações, não só não se demarca como insiste nas linhas estruturantes materializadas nos PEC e no Pacto de Agressão.

A DRA denuncia práticas e atitudes de dirigentes do PS a nível local ou regional que, contrariamente a posicionamentos anteriormente assumidos, colocam-se agora numa posição oportunista reclamando alterações de políticas quando antes as praticaram ou apoiaram. São disso exemplo, as políticas sociais relativas ao serviço nacional de saúde e educação ou as soluções para a gestão da água pública cujo processo de abertura ao sector privado foi iniciado com o então ministro José Sócrates com a criação dos sistemas multimunicipais e inviabilizando a criação de sistemas intermunicipais e a candidatura dos municípios do Alentejo aos fundos comunitários que teria resolvido o problema do abastecimento de água às populações em toda a região. De igual modo, o processo de verticalização e integração de sistemas, que acelera o processo de privatização da água enquanto bem público, a par das imposições da Entidade Reguladora do Sistema de Água e Resíduos promovida pelo governo PSD/CDS constituem um autêntico atentado às populações.

 

Nesse sentido a DRA do PCP apela às populações, aos seus movimentos, aos eleitos autárquicos, para que lutem em defesa da água pública.

Neste quadro, ao mesmo tempo que os trabalhadores lutam e resistem em defesa do direito ao trabalho, pelo trabalho com direitos, pelo aumento dos salários, e pela defesa das 35 horas de trabalho (manifestação dos trabalhadores da administração pública central a 30 de Janeiro, acções promovidas pelo STAL em defesa das 35 horas entre 26 e 30 de Janeiro, acção do pessoal não docente das escolas a 20 de Fevereiro, e a greve dos professores contra as provas especificas), os reformados e pensionistas lutam contra a degradação das suas reformas e pensões. As populações defendem os serviços públicos e melhores acessibilidades, como são disso exemplo as acções promovidas por diversas organizações pela realização das obras no IP8 e IP2 e no IC1, envolvendo sempre os eleitos da CDU no poder local democrático. Sempre solidário com estas lutas, o PCP tem vindo a desenvolver em toda a região uma acção persistente e determinada assente, na denúncia e na proposta.

Afirmando as propostas e soluções que o PCP tem para o país e para o Alentejo, e no seguimento do trabalho que tem vindo a ser realizado e dos múltiplos contactos estabelecidos ao longo dos últimos meses com diversas entidades e personalidades da região, a DRA do PCP, em articulação com o Grupo Parlamentar do PCP na Assembleia da República, vai apresentar um Plano Imediato de Intervenção Económica e Social para o Alentejo. Na próxima sexta-feira, 23 de Janeiro, pelas 11:00 horas, no Centro de Trabalho de Beja do PCP, realizar-se-á uma Conferência de Imprensa para dar a conhecer o essencial dos seus conteúdos deste Plano.

Nos 40 anos da Reforma Agrária, que se assinalam em 2015, a DRA do PCP anuncia a realização de um comício no dia 7 de Fevereiro, no Teatro Garcia de Resende, em Évora, com a participação de Jerónimo de Sousa, Secretário-Geral do PCP.

A DRA do PCP destaca a realização, a 28 de Fevereiro, em Loures, no Pavilhão Paz e Amizade, do Encontro Nacional do PCP «Não ao declínio nacional. Soluções para o País». Num ano marcado por importantes acontecimentos, com a realização de eleições legislativas, a DRA do PCP sublinha a importância do reforço orgânico, social, político e eleitoral do PCP, o aumento da sua capacidade de acção e intervenção política, o desenvolvimento da luta das massas populares, a unidade dos democratas e patriotas, como condições fundamentais na luta contra a política de direita, pela ruptura e pela mudança, por uma política e um governo patrióticos e de esquerda.

Inseridos nas direcções de trabalho constantes da resolução do Comité Central «Mais organização, mais intervenção, maior influência – um PCP mais forte», e das orientações do XIX Congresso, a DRA do PCP valoriza os recrutamentos realizados durante o ano transacto, cerca de três centenas no conjunto das organizações do Alentejo, no quadro da campanha nacional “Os valores de Abril no futuro de Portugal” e saúda os novos membros do Partido.

A DRA do PCP abordou o andamento positivo da campanha de fundos que tem como objectivo a aquisição do terreno da Quinta do Cabo para a Festa do Avante! que decorre sob o lema “Mais espaço, mais Festa. Futuro com Abril e apela a todos os membros do Partido, a todos os democratas e patriotas para que participem activamente nesta campanha.”

A DRA apela ainda a todas as organizações para que intensifiquem nesta fase final, com toda a determinação, a acção geral de contactos e elevação da militância, o reforço da organização com prioridade para o reforço do Partido nas empresas e locais de trabalho, e à responsabilização de novos quadros e à sua formação e integração.

No âmbito do 94º Aniversário do PCP, o Almoço Alentejo deste ano será a 15 de Março, em Santiago do Cacém, no Pavilhão de Feiras e Exposições, e contará com a presença do Secretário-Geral do Partido. Esta iniciativa insere-se nas dezenas de comemorações que as organizações do PCP levarão por diante em todo o Alentejo, constituindo momentos de afirmação do Partido, do seu programa «Uma Democracia Avançada – os Valores de Abril no futuro de Portugal» e da afirmação do objectivo do socialismo e do comunismo.

 

Alentejo, 20 de Janeiro de 2015

 

A Direcção Regional do Alentejo do PCP

Bookmark and Share
Decrease font size Default font size Increase font size

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

links_uteis.jpg

pcp.jpg
 
avante.jpg
 
militante.jpg
 
edicoes_avante_.jpg
 
jcp1.jpg
logoaljustrel.gif

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Página do PCP

Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP