Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

newsletter.jpg

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Comunicado da Direcção Regional do Alentejo do PCP - 21 de Junho

I

Continuar a luta para, defender, repor e conquistar direitos

 

A DRA do PCP, ao mesmo tempo que valoriza as medidas tomadas (ainda que de forma limitada) para repor direitos como as 35 horas de trabalho na administração pública a partir de 1 de Julho, a reposição de tribunais, o alargamento do abono de família entre outros aspectos, releva o largo conjunto de iniciativas desenvolvidas pelos deputados do Partido e as propostas apresentadas, assim como as inúmeras perguntas feitas ao governo sobre problemas da região e os Projectos de Resolução apresentados designadamente sobre o Tapete de Arraiolos, a valorização da produção e transformação do medronho e as obras no IC1.

 

A DRA do PCP alerta para o perigo de retirada ou redução de serviços na área da saúde designadamente na rede de serviços de oncologia e neonatal, para a falta de profissionais de saúde na Região, para os atrasos no investimento em equipamento para o sector, para a continuada degradação de vias de comunicação como o IC1, para o prosseguimento por parte do governo do PS da tentativa de municipalização nas áreas da saúde e educação, e de verticalização dos sistemas de água em alta e baixa.

 

A DRA do PCP, alerta ainda para a situação de degradação dos salários e pensões, para as condições de exploração, e as degradantes condições de trabalho a que estão sujeitos centenas de trabalhadores imigrantes em várias empresas agrícolas na Região, e denuncia o carácter, demagógico e populista da direita (PSD e CDS-PP) que depois de quatro anos no governo, a impedir a concretização de obras estruturantes para o desenvolvimento da Região, a empobrecerem os trabalhadores, o povo e o País, a destruírem direitos laborais e sociais e serviços públicos, aparecerem agora como arautos da defesa da Região.

 

A DRA do PCP recorda que em devido tempo chamou a atenção para o sentido centralista da gestão do Programa Alentejo 2020, assim como alertou que o PSD/CDS-PP estavam a elaborar um programa que não servia a região, mas apenas os seus objectivos eleitorais e de classe. A opção de atribuir a maior parte das verbas dos diversos programas ao grande capital, bem como a ausência da disponibilização dos fundos está a dificultar o desenvolvimento e animação de sectores económicos de base local, a atrasar o investimento publico o que prejudica o desenvolvimento do trabalho em muitas autarquias e estruturas da região. É necessário que o actual governo tome as devidas medidas para inverter esta situação assim como deve desde já dar sinais para a reprogramação do Portugal 2020.

 

A DRA do PCP saúda os trabalhadores da Câmara Municipal de Portalegre que realizaram uma concentração para exigir a negociação do Acordo de Entidade Empregadora Pública e a aplicação da 35 horas de trabalho semanais, os trabalhadores dos Refeitórios e Bares concessionados nos Hospitais de Elvas e de Portalegre pela mobilização para a luta e pelos resultados alcançados, as centenas de alentejanos e alentejanas que participaram na grande Marcha em defesa da escola pública e os serviços públicos, realizada no dia 18 de Junho em Lisboa, e apela ao prosseguimento da luta, para defender, repor e conquistar direitos.

 

A DRA do PCP saúda ainda as populações em luta pela reposição das suas freguesias, incentivando-as à sua continuação, sublinhando a importância da apresentação na Assembleia da República por parte do PCP de um projecto lei que estabelece o Regime para a Reposição das Freguesias.

 

II

 

Reforçar o Partido – Desenvolver a acção e iniciativa política na Região

 

A DRA do PCP, valoriza o vasto conjunto de iniciativas desenvolvidas pela organização do Partido na Região, designadamente a Campanha “Mais direitos – Mais futuro – Não à precariedade!”, a acção nacional de esclarecimento junto dos reformados e pensionistas, as sessões comemorativas do 40º aniversário da Constituição da República, e do 25 de Abril, a grande homenagem a Catarina Eufémia em Baleizão, os contactos com a população para a prestação de contas do trabalho realizado pela CDU, a campanha nacional de esclarecimento “Não à Submissão à União Europeia”, e o êxito da Campanha de fundos – Mais Espaço, Mais Festa, Futuro com Abril, apelando às organizações que ainda não atingiram o seu objectivo financeiro para prosseguirem com empenho e determinação.

 

Valorizando a realização no dia 7 de Maio do 15º Encontro de Quadros do Alentejo que contou com a participação de mais de duzentos quadros do Partido, a DRA do PCP, destaca o conjunto de assembleias da organização concelhias, de freguesia e de células de empresa, o amplo debate realizado na primeira fase preparatória do XX Congresso que terminou no final de Maio, iniciativas que constituem elementos de reforço da democracia interna do Partido.

 

Aproximando-nos da terceira fase de preparação do XX Congresso, a decorrer entre 22 de Setembro e 22 de Novembro, é fundamental que desde já, os organismos de direcção do Partido programem e planifiquem, a realização de reuniões e assembleias electivas tomando as medidas para assegurar a participação de todos os membros do Partido na sua respectiva organização.

 

A DRA, apela ao conjunto das organizações, quadros e militantes do Partido para que prossigam a Campanha Mais Organização, Mais Influência, Um PCP Mais Forte, organizando, estruturando, aumentando a militância, recrutando e intervindo na realidade social onde se inserem, reforçando o trabalho colectivo, a independência financeira, contribuindo para o reforço das organizações unitárias dos trabalhadores e da população e para a valorização do trabalho e obra realizadas pelo poder local democrático, a afirmando a Coligação Democrática Unitária (CDU), e o seu projecto autárquico assente no trabalho, honestidade e competência que associa provas dadas, a uma audaciosa perspectiva futura.

 

A DRA, apela ainda ao esforço redobrado na preparação da 40º edição da Festa do Avante!, que se realiza nos dias 2, 3, e 4 de Setembro, festa da democracia, da liberdade, da juventude, que comemora este ano o seu quadragésimo aniversário contando com o lindo espaço da Quinta do Cabo, divulgando-a junto de milhares de alentejanos e alentejanas em cada aldeia, monte, freguesia, empresa, zonas de lazer, promovendo a venda da EP, e construindo-a também no terreno participando nas jornadas de trabalho.

 

Alentejo, 21 de Junho de 2016

 

A Direcção Regional do Alentejo do PCP

Bookmark and Share
Decrease font size Default font size Increase font size

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

Página do PCP Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP

links_uteis.jpg

pcp.jpg
 
avante.jpg
 
militante.jpg
 
edicoes_avante_.jpg
 
jcp1.jpg
logoaljustrel.gif

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Página do PCP

Jornal «Avante!» Revista «O Militante» Rádio Comunic Edições «Avante!» Página da JCP